terça-feira, 10 de agosto de 2010

A ler ...

O Homem Duplicado de José Saramago:


“O caos é uma ordem por decifrar”


“ (…) os nossos antepassados só depois de terem tido as ideias que os fizerem inteligentes é que começaram a ser suficientemente inteligentes para terem ideias”

As palavras são proferidas por Maria da Paz, num diálogo com a personagem principal, Tertuliano Máximo Afonso [o tom jocoso com que “ouvimos” o seu nome já fora antecipado pelo autor, como de resto seria de esperar] que se aventurará pela descoberta da identidade daquele que é o seu duplicado. Até agora adianta-se apenas um nome, (
Daniel Santa-Clara) António Claro. Presumo que o suspense continuará até às últimas páginas, espero que surpreenda.

2 comentários:

Diário de uma adolescente disse...

a minha devoradora de livros :)
Apesar de adorar ler e ler assiduamente , adorava ler com a mesma assiduidade que tu, é fantastico :)
minha linda. um grande beijinho*

Dark Writer disse...

Obrigado por te teres tornado seguidora do meu blog ;D já agora, gostei imenso do teu ;)
Continua :D