segunda-feira, 8 de agosto de 2011

O tempo tudo apaga

Todas as recordações que temos do passado, um dia, não passarão de pequenas nuvens que vão mudando a sua forma, e mudando, até se dispersarem no céu, aberto ou encoberto. O tempo tudo apaga. Chega a ser cruel para o coração criar na mente o sentimento de que dali a uns tempos tudo irá ser esquecido. Não tudo, mas um trecho considerável desse ‘tudo’... As reminiscências e as emoções daquele tempo ficam!

Então e o concreto? O que se fez, o que ficou por fazer, os sorrisos que tivemos na cara no dia Y às X horas que despertou lágrimas de orgulho a uma qualquer pessoa que não recordamos bem quem era. Todos dizem que os sentimentos são do mais importante que possuímos, são aquilo que subsiste quando o restante se dissipa. No entanto, não nos fará falta também uma memória consistente dos tempos passados? Pois bem, um dia talvez não lembremos o dia mas somente um vislumbre do que ele foi.

É, de certa forma, difícil imaginar que um dia já não recordaremos quantos degraus tem a escada, de que era feito o chão que pisamos e como o fazíamos. Diz-me – memória – se não fará isto falta. O tempo nem tudo apaga, pelo menos esperemos que assim seja.

17 comentários:

' dianasilva disse...

Obrigada, adorei o texto principalmente esta parte- "É, de certa forma, difícil imaginar que um dia já não recordaremos quantos degraus tem a escada, de que era feito o chão que pisamos e como o fazíamos. " TENS TODA A RAZÃO, SIGO *-*

Xs disse...

Tudo o que é realmente importante na nossa vida, o tempo nunca apagará!
;)

cm* disse...

obrigada querida :)
beijinhos*

em Li Pink High Heels disse...

Memories =')

Olaa =)
Eu faço verniz gel/gelinho 15 Euros apenas, em Carnaxide.
Visita o blog, é recente mas da para ter uma ideia do meu trabalho!

Da uma espreitadela http://lilnails.blogspot.com/
http://bypinkhighheels.blogspot.com

Espero que gostem meninas! =) Bjinhos e fico á espera ;)

Ivan Mota disse...

É de facto aborrecido que tudo se varra com essa facilidade que dizes. Bem.. às vezes esse esquecimento paulatino joga a nosso favor.. contudo no outro dia estava a assistir a uma conferência do físico Michio kaku pela internet, onde ele disse que em breve (10-15 anos) estarão acessíveis - ao preço da chuva - uns óculos que vão guardar toda essa informação (informação essa que poderemos consultar sempre que quisermos). Vai acabar o célebre: "Eu conheço esta pessoa de algum lado. Mas de onde?" - os óculos dir-te-ão com o maior das simplicidades: "é o antónio, pá!".

Niqui disse...

Pois é.
Gostei!

aimee rose disse...

obrigada :)
foi uma coisa de desenhos animados que a minha prima me obrigou a ir ver, 'os caçadores de dragões' xD

S* disse...

A dor ameniza... pelo menos acredito que o tempo tudo cura.

Simone disse...

nos armazéns do chiado. :)

Patrícia disse...

'dianasilva, muito obrigada querida :)


Xs, concordo :) Aparece sempre que quiseres.


cm*, de nada ;)


Ivan Mota, credo que modernices são essas? xD

Patrícia disse...

aimee rose, de nada (: ok.

S*, pelo menos isso :)

Simone, espero que haja em mais sítios. Vou tentar descobrir.

Ana Torrado disse...

Adorei este teu texto.

Parabéns!

Alexlisboa disse...

Adoro *.*
O tempo cura, o tempo mata, o tempo apaga, o tempo leva, o tempo traz, o tempo anima, o tempo é um tempo muito traiçoeiro, basta querermos (:

Daniela Pereira disse...

sabes... existem recordações de momentos maus da minha vida, que a minha mente apagou, sei de algumas coisas de um modo demasiado resumido, mas todos os pormenores acabaram.. Mas sinto-me feliz por não conseguir perder as minhas memorias mais antigas, de quando era uma menininha alegre, das brincadeiras, pormenores, cada ruga da cara da minha falecida avó... e essas, espero do fundo do coração que nunca desapareçam... mas acho que o que acontece... é que certas memorias temos de eliminar... é quase como se o nosso cérebro fosse um disco rígido do pc têm um determinado espaço... e as vezes temos de libertar espaço para conseguirmos guardar coisas novas...

Alexlisboa disse...

Também adorei (:

Inês disse...

o porto é uma cidade tão bonita!
adoro a maneira como escreves, sabes expressar-te muito bem :)

Ana FVP disse...

A S* tem razão... o tempo cura tudo!